Gelatina e colágeno

O colágeno e a gelatina são indicados como coadjuvantes em dietas de emagrecimento para prevenir a flacidez e o surgimento de estrias. Eles colaboram também para a formação correta das fibras colágenas da pele e dos tecidos adjacentes, sendo benéficos contra a celulite. Eles também ajudam a fortalecer as unhas e melhoram o aspecto do cabelo.

O colágeno é a proteína mais abundante no organismo, constituindo cerca de 30% das proteínas do nosso corpo e 6% do nosso peso total. É a proteína que compõe os tecidos de sustentação, como pele, ossos, tendões e cartilagens.A gelatina é extraída do colágeno, especialmente do bovino. Ela contém uma série de fragmentos de proteínas que fornecem aminoácidos, fundamentais para a manutenção de ossos e a regeneração de algumas articulações.

Um organismo saudável necessita de colágeno para a manutenção do tônus muscular e de uma pele firme, com uma reposição diária de aproximadamente 1g por quilo de peso corporal. Pesquisas mostram que, por volta dos 25 anos, o organismo começa a diminuir a produção de colágeno em contraposição à necessidade constante dessa importante molécula no processo de rejuvenescimento e reparação celular.  

Aos 50 anos, o corpo só produz em média 35% do colágeno necessário. Supõe-se que esta seja uma das principais causas do envelhecimento. Com a diminuição do colágeno, os músculos ficam flácidos, diminui a densidade dos ossos, as articulações e ligamentos perdem a elasticidade e a força, a cartilagem que envolve as articulações fica frágil e porosa, com aspecto de almofada. Os cabelos perdem o viço, pois diminui a espessura do fio capilar. Alguns órgãos podem sofrer deslocamento e apresentar mau funcionamento. A pele fica mais fraca, desidratada e sem elasticidade, culminando em flacidez e no aparecimento de estrias; o ganho de reserva lipídica é mais acentuado. 

A gelatina contém 18 aminoácidos. O organismo humano necessita de 10 dos chamados aminoácidos essenciais, que são consumidos através dos alimentos. Gelatina contém 9 destes aminoácidos essenciais em uma proteína alimentícia de fácil digestão e utilização. O aminoácido triptofano não está presente na gelatina; entretanto, isto não é muito significativo, uma vez que este aminoácido é encontrado em quantidades adequadas em outros alimentos da dieta.

A mais importante propriedade da gelatina é sua capacidade de formar um gel termo-reversível, a partir de soluções com amplos limites de concentração, isto é, podemos converter uma solução para a forma sólida e reconvertê-la para a forma líquida, por meio de aquecimento. Gelatina é também importante em aplicações farmacêuticas e fotográficas.

A melhor forma de se consumir,considerando que a dose mínima para obter os benefícios é de 10 gramas de gelatina por dia e você precisaria ingerir 20 cápsulas  já que cada uma delas contém só 500 miligramas, é em pó. 

 Nesse caso, basta ingerir 1 colher de “sobremesa” de gelatina em pó sem sabor DISSOLVIDA EM ÁGUA diariamente.Sem contar que a ação da gelatina em pó é mais rápida. Já aquela gelatina colorida e com sabor de infância não é tão eficiente para a formação do colágeno.Ou peça pra manipular as quantidades necessárias em uma farmácia de manipulação.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s